Soluções para gestão de conhecimento em eventos, instituições e desenvolvimento

(16) 3371-7698 - São Carlos - SP
(11) 2626-8323 - São Paulo - SP
(21) 4062-0178 - Rio de Janeiro - RJ

Pesquisadores brasileiros criam jogo educativo sobre nanotecnologia

Postado por: In: Notícia 28 fev 2008

Veículo: WNews UOL

Mídia: Site

URL: http://wnews.uol.com.br/site/noticias/materia.php?id_secao=4&id_conteudo=10253

Resumo da notícia veiculada:
São Paulo, 28 de fevereiro de 2008 – Pesquisadores brasileiros desenvolveram um quebra-cabeça educativo sobre nanotecnologia para estudantes. O game está disponível gratuitamente na Web e desafia os jogadores a conhecer o mundo nanoscópico, formando imagens científicas.

O jogo foi desenvolvido por pesquisadores da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) e Unesp (Universidade Estadual de São Paulo) em parceria com a empresa Aptor Software, de São Carlos.

A interação com as imagens nanoscópicas e legendas explicativas leva o jogador a familiarizar-se com conceitos sobre a nanotecnologia. A idéia é que, de forma agradável, a imagem que o participante vai montando fique atraente, aguçando a curiosidade e o espírito científico.

O jogo foi concebido pensando num público formado por crianças e estudantes, jovens e adolescentes. No entanto, pessoas de todas as idades podem acessar e jogar o quebra-cabeça. O objetivo é unir divertimento e aprendizado como alternativa para aqueles que têm dificuldades nos estudos.

Elson Longo, diretor do CMDMC (Centro Multidisciplinar para o Desenvolvimento de Materiais Cerâmicos), que reúne pesquisadores das duas universidades, comenta que essas ações fazem parte de um conjunto de metas de difusão que visam transmitir à comunidade algum conhecimento produzido por pesquisas nacionais e internacionais. De acordo com ele, a intenção é, cada vez mais, despertar a vocação científica utilizando recursos tecnológicos modernos.

O quebra-cabeça sobre nanotecnologia possui um ranking de pontuação, outro fator considerado atrativo. São vários jogos diferentes, sendo que o ranking é constituído pela soma das melhores pontuações do jogador, motivando-o a jogar várias vezes, tendo contato com novas imagens. Com base nesse ranking haverá o sorteio de prêmios como relógios e DVDs sobre Ciência.

O jogo está disponível em três níveis: fácil, médio e difícil. A cada avanço no nível de dificuldade, o número de peças é maior e o número de pontos também aumenta. Atualmente, estão disponíveis fotos de microscopia avançada de curiosidades como ácaro, pulga, pólen e asa de mariposa.

Este é o segundo jogo educativo eletrônico gratuito que o CMDMC libera para o mercado pela Internet. O primeiro jogo foi o Chemical Sudoku, que registrou cerca de 17 mil acessos em três meses de funcionamento.

Tanto o quebra-cabeça de Nanotecnologia como o Chemical Sudoku podem ser acessados gratuitamente na Internet, em www.cmdmc.com.br/quebra-cabeça.

Desculpe, o comentário formar está fechado neste momento.

Mensagens relacionadas